Foto: Luis Miguel Ferreira.
Padrão internacional

Tênis de mesa brasileiro celebra novo momento com evento de padrão internacional e total sinergia com a torcida

Fãs da modalidade e novos adeptos vibraram com grandes jogos e ambiente voltado a uma grande experiência de entretenimento com o esporte

Quem teve a oportunidade de assistir ao Desafio Brasil x França de Tênis de Mesa, na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro, ou no canal sportv2, percebeu uma grande diferença. O momento da modalidade proporcionou um evento de alto nível, com padrão internacional e grandes jogos na mesa. Fora da área de jogo, as ações geraram engajamento da torcida e de quem nunca tinha visto o tênis de mesa com maior atenção.

O Desafio nasceu de uma oportunidade criada por conta da intenção de os jogadores da Seleção Brasileira participarem de um período intensivo de treinos no Brasil, em razão da instabilidade momentânea do calendário internacional. Com a presença de franceses que fazem parte do Top 100 mundial, o período de treinos teria previsão de alguns amistosos, que viraram um evento internacional.

Assim, a Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) teve a oportunidade de mostrar em larga escala o que os mesa-tenistas brasileiros já se acostumaram a ver nos eventos nacionais: padrão internacional nas instalações e áreas de jogo, tratamento visual do cenário e experiências diferenciadas para os torcedores. Mesmo com os imprevistos que são comuns a qualquer grande evento, como a lesão de Bruna Takahashi na véspera do Desafio, o sucesso foi total.

A própria Bruna foi saudada por todos ao falar no sistema de som com os torcedores, que vibravam a cada vez que os craques da Seleção terminavam um jogo e passavam atirando brindes como bolinhas autografadas, camisetas e copos personalizados. Os convidados VIP – incluindo os que adquiriram os primeiros pacotes de NFTs do tênis de mesa - puderam desfrutar de uma área exclusiva de convivência, bem próxima dos atletas.

Vários parceiros ajudaram a concretizar este Desafio. As marcas Tibhar, Coloplast e Hand Dry, já patrocinadoras regulares da CBTM, e Netshoes, que pela primeira vez esteve presente em eventos nacionais de tênis de mesa, foram exibidas no Desafio, inclusive nas quase cinco horas e meia de transmissão ao vivo pelo sportv, outro parceiro na empreitada, além do apoio da Secretaria Especial do Esporte, do Ministério da Cidadania.

Por sua vez, os atletas da Seleção responderam com satisfação pelo momento vivido ao lado dos torcedores. “Eles fizeram bastante a diferença hoje, me empurraram e me ajudaram bastante. Quando eu entrei na apresentação até senti um arrepio, fico feliz de ver tanta gente me apoiando aqui”, disse Hugo Calderano. “Primeira vez joguei representando o Brasil aqui com a torcida brasileira, foi bem emocionante para mim, fiquei muito feliz”, ressaltou Vitor Ishiy.

Mas a melhor definição foi feita por Eric Jouti: “É bem importante mostrar que o tênis de mesa está crescendo, que não é mais um esporte pequeno. Estamos conseguindo elevar o Brasil a outro nível, então é super importante ter este tipo de evento aqui. Ficamos muito felizes de termos participado”.

O padrão observado neste Desafio poderá ser conferido em outras oportunidades neste ano. Serão mais três eventos TMB Platinum, em Maringá (PR), Uberlândia (MG) e São Paulo (SP). Por enquanto, a Seleção não deve voltar a jogar no Brasil. Mas a porta ficou aberta para novas oportunidades nas próximas temporadas, num movimento que só tende a crescer, junto com a evolução do tênis de mesa brasileiro, potência emergente mundial.

Por: Assessoria de Imprensa - CBTM

 


O que achou desta notícia?