Foto: Arquivo/PMM
Programação

Campanha de combate à LGBTfobia é lançada em Macapá no mês da diversidade

Feira, ação de saúde, social e shows culturais integram a programação.

Ato simbólico de hasteamento da bandeira LGBT, Feira da Diversidade e cadastramento de artistas do segmento da diversidade no Mercado Central, integram o lançamento da campanha de combate à LGBTfobia da Prefeitura de Macapá, em alusão à data internacional de luta contra o preconceito. Em 2022, a segunda edição carrega o tema “LGBTfobia. Não precisa ser para combater” e planeja ações para todo o mês de maio.

A abertura acontece às 8h na Praça da Bandeira, na zona central, com uma cerimônia solene de hasteamento da bandeira do arco-íris, símbolo de resistência do movimento. O ato terá a presença de membros da comunidade LGBTQIA+ e banda da Guarda Civil Municipal de Macapá (GCMM). Na oportunidade, será apresentada a programação completa da campanha.

A atividade segue no Mercado Central de Macapá, às 16h, com o cadastramento de artistas LGBT’s no Sistema Municipal de Informações e Indicadores Culturais, da Fundação Municipal de Cultura (Fumcult), que facilita o acesso de atores culturais as políticas públicas destinadas aos segmentos. Para esta atividade, é necessário documentação com foto, comprovante de residência e portfólio.

Ato simbólico de hasteamento da bandeira LGBT em Macapá em 2021 | Foto: Arquivo/PMM

 

A programação contínua no ponto turístico com a realização da Feira da Diversidade, ofertando produtos artesanais produzidos por pessoas da comunidade LGBTQIA+, roda de conversa sobre o Combate à LGBTfobia no âmbito municipal e apresentações artísticas.

Com o objetivo de combater o preconceito e valorizar a vida da população LGBTQIA+, a campanha é organizada pela Coordenadoria Municipal de Políticas de Diversidade, sob administração da Secretaria Municipal de Direitos Humanos (SemDH).

“É uma campanha de luta pelo fim do preconceito. Sabemos que a batalha é diária, mas estamos no caminho certo, buscando a garantia do respeito e dignidade da população LGBTQIA+”, comenta a secretária municipal de Direitos Humanos, Surya El Hosson.

A programação do mês da diversidade também conta com o apoio das secretarias municipais de Mobilização e Participação Popular, de Assistência Social (Semas), de Saúde, de Comunicação Social, de Agricultura e de Planejamento, Orçamento e Tecnologia da Informação, além do Instituto Municipal de Turismo (MacapaTur) e Fumcult.

Mais acolhimento
Em 2021, a campanha carregou o tema “Respeite e acolha a diversidade. Macapá uma cidade que combate a LGBTfobia”. As ações iniciaram no mês de maio, mas se estenderam no restante do ano, tornando a campanha contínua. Ao todo, foram atendidos 634 pessoas LGBTQIA+ com serviços de assistência social, saúde, esporte e cultura.

“A segunda edição da campanha, firma o compromisso com a comunidade LGBTQIA+ , fortalecendo a luta pela visibilidade e inclusão de todos”, explica o coordenador municipal de Políticas de Diversidade, Edem Jardim.

Dia Internacional
Dia 17 de maio é celebrado o Dia Internacional Contra a LGBTfobia, foi nessa data, no ano de 1990, que a homossexualidade foi removida da Classificação Internacional de Doenças (CID) pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Confira a programação:

17 de maio (terça-feira)
8h – Lançamento oficial da campanha com hasteamento da bandeira LGBTQIA+, na Praça da Bandeira;
16h – Feira da Diversidade com venda de produtos de artesãos e artistas LGBTQIA+, em frente ao Mercado Central de Macapá;
16h – Cadastramento de artistas LGBTQIA+ no Sistema Municipal de Informações e Indicadores Culturais, no Mercado Central;
17h – Roda de Conversa sobre o Combate à LGBTfobia no âmbito municipal, no Mercado Central;
18h – Apresentações artísticas no Mercado Central.

24 de maio (terça-feira)
8h30 – Ação de Cidadania no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU das Artes) zona norte, com oferta de serviços de atualização e novos do Cadastro Único (CadÚnico), atendimento psicossocial e roda de conversa.

28 de maio (sábado)
8h30 – Simpósio de Saúde Mental da População LGBTQIA+ para servidores da saúde, no auditório da Universidade do Estado do Amapá (Ueap);
18h – Ação de Saúde Itinerante na avenida Mendonça Furtado, ao lado do Cemitério Nossa Senhora da Conceição, com a oferta de testagem para Covid-19 e doenças sexualmente transmissíveis, além de acolhimento psicológico, orientações e distribuição de preservativos.

31 de maio (terça-feira)
16h – Feira da Diversidade no Mercado Central de Macapá;
18h – Apresentações de artistas LGBTQIA+ no Mercado Central de Macapá.

 

Por Bruno Nascimento


O que achou desta notícia?