Laura Watanabe venceu o individual sub-19. Foto: Santiago Regaira

Brasil domina o último dia de Sul-Americano Sub-15 e Sub-19 e conquista mais quatro medalhas de ouro

Mesa-tenistas do país levaram três das quatro disputas individuais e ainda venceram na dupla mista sub-15, além de quatro pratas e três bronzes

O Brasil dominou o último dia de disputa do Campeonato Sul-Americano Sub-15 e Sub-19. Com uma campanha arrasadora, conquistou mais 11 medalhas: quatro ouros, quatro pratas e três bronzes, finalizando o torneio com um total de 21 pódios em sete dias de competição. Entre as conquistas do último dia, três das quatro finais individuais e um título de duplas mistas.

Entre as finais com brasileiros, três foram com dobradinhas. A primeira decisão brazuca ocorreu nas duplas mistas sub-15, entre as parcerias formadas por Davi Fujii/Lana Ozeki e Vicenzo Nakashima/Karina Shiray. Vitória dos primeiros, por 3 a 0 (11/5, 11/6 e 11/7), iniciando a festa verde e amarela, que ainda teve Hamilton Yamane/Mahayla Sardá ficando com a medalha de bronze.

Depois começaram as comemorações individuais. A primeira a ocupar o lugar mais nobre do pódio foi Beatriz Fiore, campeã no sub-15. Na final, ela bateu Mahayla Sardá, em um emocionante 3 a 2 (11/8, 8/11, 11/8, 7/11 e 11/9). Mais uma atleta do país ficou com o bronze nesta categoria: Karina Shiray, eliminada por Mahayla na semifinal.

Os meninos do sub-15 não ficaram sem prêmios. Felipe Lara ficou com a prata, ao perder a decisão para o venezuelano Carlos Romero, por 3 a 1 (5/11, 8/11, 11/7 e 5/11). Vicenzo Nakashima caiu na semifinal para o colega, sendo agraciado com o bronze.

No sub-19, mais domínio do Brasil. Entre as mulheres, quem brilhou foi Laura Watanabe. Depois de uma duríssima semifinal contra a chilena Sofia Vega, quando venceu por 4 a 3, ela decidiu o título com a colega de equipe Beatriz Kanashiro, e venceu por 4 a 0 (11/9, 11/4, 11/6 e 11/4).

“Estou bem feliz. Foi a primeira vez que ganhei um Campeonato Sul-Americano individual. Os jogos foram bem difíceis, principalmente a semifinal contra a chilena. Era a terceira vez que eu estava enfrentando ela neste campeonato. A gente conhecia bastante o jogo uma da outra, mas no final deu tudo certo”, disse Laura.

Leonardo Iizuka foi o campeão que teve a final mais dura do último dia. Depois de ter eliminado o peruano Adrian Rubiños na semifinal, ele bateu outro atleta da casa na decisão: Carlos Fernandez. Vitória por 4 a 3 (11/9, 9/11, 11/6, 11/8, 7/11, 6/11 e 11/7), garantindo mais um ouro na bagagem brasileira.

Mas as meninas ainda terão oportunidade de buscar mais conquistas no Peru. Nesta terça-feira começa o WTT Youth Contender, também na capital peruana. Beatriz Kanashiro, Beatriz Fiore, Lana Ozeki, Sabrina Miyabara, Gabrielle Pincerato, Karina Shiray e Laura Watanabe vão estar em ação até a próxima quinta-feira na competição válida pelo Circuito Mundial Júnior.

Por: Assessoria de Imprensa - CBTM


O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos