Hugo Calderano venceu na estreia da competição em Lima. Foto de Arquivo: Santiago Regaira

Bruna Takahashi e Hugo Calderano estreiam com vitória e avançam no WTT Contender de Lima

Bruna eliminou a chilena Paulina Vega e avançou às oitavas, enquanto Calderano passou pelo espanhol Alvaro Robles; duplas femininas também seguem vivas na disputa

Por: Assessoria de Imprensa - CBTM

16 de junho de 2022

Dois brasileiros avançaram nesta quinta-feira (16) na competição individual do WTT Contender, competição que acontece na Villa Deportiva Nacional de Lima, no Peru. Hugo Calderano e Bruna Takahashi seguem na caminhada rumo ao título da competição. Além disso, as duas duplas femininas brasileiras – Bruna Takahashi/Caroline Kumahara e Giulia Takahashi/Laura Watanabe – estão classificadas para as quartas de final.

O canal ESPN3 transmite o evento a partir de 16h30. O Star+, serviço de streaming por assinatura dos Canais Disney, exibe todos os jogos da mesa 1 na íntegra. Os jogos das mesas 2, 3 e 4 são transmitidos pelo canal do WTT no YouTube (https://www.youtube.com/c/WorldTableTennis)

No individual feminino, Bruna Takahashi (19ª colocada no ranking mundial) passou pela chilena Paulina Vega (85ª). As parciais foram de 11/6, 12/11 e 11/6. “Consegui fazer um bom jogo, com regularidade e mantendo um bom foco”, analisou a mesa-tenista. Com o resultado, a brasileira avançou para as oitavas de finais e agora terá pela frente a japonesa Sakura Mori (90 ª), nesta sexta-feira (17). Os horários ainda não foram divulgados pela organização.

No primeiro set, Bruna conseguiu abrir uma vantagem de oito pontos e depois foi só administrar a diferença. O segundo foi o mais equilibrado, com a chilena chegando a liderar por alguns momentos, obrigando a brazuca a reverter uma desvantagem de três pontos para ficar com a vitória. No terceiro e derradeiro set, Bruna voltou a se impor e chegou a liderar por cinco pontos, vantagem que manteve até o final.

Cabeça de chave número 1 em Lima, Hugo Calderano (4º) avançou às oitavas de finais no individual masculino após superar o espanhol Alvaro Robles (60º) por 3 sets a 2, em encontro mais difícil do que o esperado. As parciais foram de 11/8, 11/8, 8/11, 6/11 e 11/4. Na próxima etapa, o brasileiro terá pela frente nesta sexta-feira o sul-coreano Kang Dongsoo .

A partida começou com domínio de Calderano, que se impôs nos dois sets iniciais. No terceiro e no quarto sets, o espanhol reduziu sua distância da mesa e começou a dificultar as devoluções do brasileiro, que não conseguia colocar efeito nas rebatidas. A dificuldade foi superada no quinto e decisivo set, quando o brasileiro também se aproximou mais da mesa e fez valer a sua maior competência técnica para ficar com a vitória.

Fechando o dia brasileiro em Lima, Caroline Kumahara (82ª) desafiou Nina Mittelham (16ª), da Alemanha. Melhor para a europeia, que passou pela brasileira em 3 sets a 1, com parciais de 12/10, 8/11, 6/11 e 8/11.

Duplas femininas avançam com tranquilidade

Sem perder o controle da partida em nenhum momento, Laura Watanabe e Giulia Takahashi venceram as peruanas Isabel Dufoo e Maria Maldonado por 3 sets a 0, avançando para as quartas de finais na competição de duplas femininas. As parciais foram de 11/3, 11/5 e 11/3. Agora, enfrentam Cheng Hsien-Tzu e Huang Yu-Wen, de Taipei.

No primeiro set as brazucas abriram 7 a 0 logo de cara, administrando o placar na sequência. No segundo set, as peruanas até pontuaram mais, mas não foi o suficiente para impedir a vitória brasileira. E no set final, a arrancada começou quando o placar apontava 3 a 2 para a dupla do Brasil. Foram sete pontos na sequência e uma dose de calma para fechar a partida sem maiores problemas.

Com um pouquinho mais de trabalho, Bruna Takahashi e Caroline Kumahara despacharam as porto-riquenhas Daniely Rios e Fabiola Diaz em 3 sets contra 1, também avançando às quartas de finais em Lima. As parciais foram de 11/9, 11/7, 5/11 e 11/9. Terão pela frente nesta sexta-feira as japonesas Asuka Sasao e Sakura Mori.

No primeiro set, logo de início as brasileiras abriram uma vantagem de dois pontos, que administraram até o final. O segundo set começou com Takahashi e Kumahara abrindo três pontos, mas as porto-riquenhas reagiram e começaram a alternar a liderança até o oitavo ponto. Depois, só deu Brasil.

Em vantagem, no terceiro set as brasileiras arriscaram bastante e acabaram superadas. E o quarto set foi teste para cardíaco, disputado ponto a ponto até fechar com vitória das meninas do Brasil. “Tivemos um pouco de dificuldade para nos adaptar, pois era o primeiro jogo. Mas no fim conseguimos achar o caminho”, descreveu Bruna.

Despedida nas duplas mistas

Nas duplas mistas, os brasileiros ficaram nas oitavas de finais. Caroline Kumahara e Eric Jouti foram superados em 3 sets a 2 pelos chilenos Paulina Vega e Nicolas Burgos, com parciais de 11/8, 1/11, 11/4, 9/11 e 10/12. Já Giulia Takahashi e Leonardo Iizuka caíram por 3 sets a 0 para os também chilenos Daniela Ortega e Gustavo Gomez. As parciais foram de 8/11, 5/11 e 3/11.


O que achou desta notícia?