Foto: Adevaldo Cunha/PMM

Exposição no Mercado Central reúne 130 motocicletas e apaixonados por duas rodas

Dia do Motociclista foi comemorado com 14 motoclubes da capital.

Capacete, mão no acelerador e barulho de descarga marcaram o encontro de motociclistas no Mercado Central de Macapá, para a exposição de motos com grande cilindradas. A comemoração pelo Dia do Motociclista aconteceu nesta quarta-feira (27), e reuniu o público apaixonado por duas rodas.

O adolescente André Lima, de 15 anos, adora os passeios de motocicleta realizados com os integrantes do Macapá Moto Clube, responsável pelo evento. Além dos passeios, ele também gostar de registrar em fotos, a beleza das ‘máquinas’. 

“Amo andar de moto. Também gosto muito de fotografá-las. Eu edito as imagens no computador, imprimo e dou de presente para as pessoas que gosto. A minha galeria tem uma coleção com fotos de motos, principalmente das cores azuis”, conta, entusiasmado. 

André Lima compartilha com o pai, Carlos Arthur, a paixão por motos | Foto: Adevaldo Cunha/PMM

 

O funcionário público, Carlos Arthur Pelaes, de 45 anos, pai de André, conta que ele e o filho participação do grupo Macapá Moto Club há cerca de três anos.

“Meu filho começou a demonstrar interesse por motos, e fez amizade com alguns motociclistas e, por meio deles, acabamos chegando no clube. A receptividade com o meu filho me deixa emocionado. Ele é muito querido e todos têm uma atenção especial. Com esse acolhimento, meu filho fica muito feliz” explica, animado. 

A noite contou com a exposição de mais de 130 motos divididas entre vários tipos de motocicletas de altas cilindradas, como Custom, Naked, Trail, Touring e esportivas. A exposição contou ainda, com a participação de 14 grupos e clubes.  

“O evento ultrapassou nossas expectativas. Conseguimos aumentar nossa visibilidade e fortalecer a representatividade dos interessados por motocicletas. São variados grupos e clubes que fizeram parte deste grande momento”, disse o presidente do Macapá Moto Club, Laelson Marques, que participa há 5 anos do grupo. 

Presidente do Macapá Moto Club, Laelson Marques, diz que a exposição superou expectativas | Foto: Adevaldo Cunha

 

O intuito do momento era reunir os apaixonados por motos em uma data importante, comemorada por todo o Brasil, que é o Dia dos Motociclistas. Assim como, criar um momento para as trocas de conhecimento e experiências sobre duas rodas. 

O mecânico Werlandy Lima, de 40 anos, participou da exposição e colocou a motocicleta à mostra durante o evento.

“Desde os 16 anos tenho essa paixão por motos. Estou no clube há dois anos, e fico emocionado em expor a minha motocicleta aos participantes e observar os outros modelos expostos aqui. É emocionante, principalmente, pela minha profissão”, ressalta. 

Os mecânicos Werlandy Lima, e Kleyson Maciel, participaram da exposição | Foto: Anézia Lima/PMM

 

Além da exposição, foram realizados sorteios de brindes como bonés, capacetes, tickets de troca de óleo e camisetas, durante a programação. Quem aproveitou o momento foi Kleyson Maciel, mecânico que visitou o Mercado Central para apreciar as motocicletas. 

“Precisamos de mais eventos como esse para unir os apreciadores de motos. Sou suspeito para explicar a minha felicidade porque ando de moto, consumo conteúdos de motos. A moto, para mim, representa muito na minha vida”, diz o participante. 

Motogirl Jaque Câmara, conhecida ‘Tempestade’ | Foto: Anézia Lima/PMM

A motogirl Jaque Câmara, conhecida “Tempestade”, faz parte do motoclube feminino Minerva’s Brasil, como comandante há dois anos. Para ela, o evento potencializa a representatividade das mulheres que gostam de conduzir motocicletas. 

“Há mais de 10 anos sou apaixonada por motos. Já tive mais de cinco. A sensação de admiração que as pessoas têm ao ver uma mulher dirigindo uma moto é incrível. É uma sensação de liberdade. Estamos bem representadas no segmento”, finaliza.

Para o diretor-presidente do Instituto Municipal de Turismo (Macapatur), Benício Pontes, o momento marca a oportunidade da promoção de eventos que contemplam vários segmentos. “O nosso principal objetivo é integrar vários grupos culturais e artísticos em atividades que fortalecem o segmento, pensando sempre no bem-estar de quem participa”, finaliza.

Confira como foi a exposição de motos de grande cilindradas no Mercado Central:

Por Anézia Lima - Instituto Municipal de Turismo


O que achou desta notícia?