Foto: FreePik

Programa que oferta até R$ 50 mil para novos negócios no AP tem inscrições prorrogadas até dia 14


Foi prorrogado até 14 de agosto o prazo de inscrições para o programa "Minha Primeira Empresa", que oferta 60 vagas para jovens empreendedores desenvolverem novos negócios no Amapá. As inscrições estão abertas pela internet, para ideias em duas categorias: empreendedor universitário e segmento multissetorial (que abrange empreendimentos do setor de comércio, indústria e serviços)

Os investimentos foram fornecidos pelo governo estadual para financiamento dos projetos por meio da Linha de Crédito Primeira Empresa. Os empreendimentos devem cumprir os requisitos exigidos pela Agência de Fomentos do Amapá (Afap).

Podem se inscrever universitários, seja pessoa física ou jurídica, que estejam cursando o último semestre do curso de graduação ou aqueles que estão formados até 2 anos. No outro edital são recebidas inscrições de empreendimentos do setor de comércio, indústria e serviços. São aceitas ideias a serem implantadas ou ainda negócios a serem ampliados, diversificados e até modernizados.

Os projetos aceitos no "Minha Primeira Empresa" passarão por capacitações para concepção do negócio, diagnóstico do seu perfil empreendedor e elaboração do plano de empreendimento.

Uma parcela das vagas será destinada a jovens mulheres participantes de programas sociais dos governos federal, estadual e municipal, pretos, pardos ou indígenas e pessoas com deficiência.

O resultado das primeiras fases será divulgado na página do programa Minha Primeira Empresa.

 

Confira como ficou o cronograma:

  • inscrições: até 14 de agosto
  • análise documental: de 15 a 17 de agosto
  • publicação da lista de aptos ao programa: 18 de agosto
  • 1ª fase - concepção do negócio: de 19 de agosto a 15 de setembro
  • 2ª fase - elaboração do plano de negócios: de 19 e setembro a 28 de outubro
  • 3ª fase - gestão do negócio: de 14 de outubro a 26 de novembro
  • 4ª fase - aprovação do crédito: 14 de novembro
  • 5ª fase - criação da empresa: de 17 de novembro a 5 de dezembro
  • 6ª fase - assessoramento técnico: até fevereiro de 2023

 

Fonte: G1-AP


O que achou desta notícia?