Pesquisadores do Profhistória apresentam livro sobre Ensino de História e Direitos Humanos

A interface entre o Ensino de História e o campo dos Direitos Humanos é tema de livro apresentado por professores do Programa de Mestrado Profissional em Ensino de História da Universidade Federal do Amapá (PROFHISTÓRIA/UNIFAP).

O livro “Ensino de História e Educação em Direitos Humanos – sujeitos, agendas e perspectivas de pesquisas” é organizado pelos professores Antonio Sardinha, David Junior de Souza Silva e Raimundo Erundino Santos Diniz, com publicação pela Editora da Universidade Federal do Amapá (EDUNIFAP).

A iniciativa resulta de um trabalho conjunto de docência no âmbito do Programa de Mestrado de Ensino de História (ProfHistória) da Universidade Federal do Amapá (UNIFAP). O diálogo entre docentes do Programa para pensar a oferta da disciplina História e Educação em Direitos Humanos estimulou a necessidade de ampliar o debate, observando aspectos e percepções distintas quando se pensa as práticas e processos de ensino de História na perspectiva dos Direitos Humanos.
Os pesquisadores convidados para colaborar com o livro estão vinculados a universidades brasileiras e instituições que atuam na formação em direitos humanos, com produção científica reconhecida nos temas destacados.

São temas em destaque na obra: comissões da verdade e a história escolar no contexto do direito à memória e verdade; Ensino de História e Direitos Humanos da população LGBT no contexto da ditadura, além da interface do Ensino de História com as questões étnico-raciais, gênero e sexualidade e Ensino de História em territórios rurais e prisionais.

Cabe destacar que o livro contou com comissão ad hoc formada especificamente para avaliação do material publicado. A comissão envolveu pesquisadores vinculados a várias universidades do país, com destaque para instituições da Região Norte.

O livro pode ser acessado neste link.


O que achou desta notícia?