Premiação de incentivo ao voluntariado recebe inscrições até o dia 7 de agosto

O reconhecimento é voltado para brasileiros e entidades engajadas em trabalhos voluntários nos últimos doze meses

Para reconhecer a atuação de cidadãos e entidades engajadas em ações sociais, o Prêmio Nacional de Incentivo ao Voluntariado está com as inscrições abertas até 7 de agosto. A premiação é voltada para cidadãos e instituições que tenham sido responsáveis por trabalhos de ajuda humanitária, transformação social de regiões e grupos vulneráveis nos últimos 12 meses. 

O Prêmio neste ano poderá ser concorrido por organizações públicas e privadas e indivíduos que desenvolvam diretamente atividades de voluntariado, em projetos de interesse público e cunho social. Serão quatro categorias: voluntariado nas Organizações da Sociedade Civil; voluntariado no Setor Público; voluntariado Empresarial e Indivíduos Voluntários (pessoa física).

A premiação do evento será realizada em caráter simbólico, com premiação de reconhecimento das 20 melhores iniciativas de voluntariado realizadas, em âmbito regional e nacional nos últimos 12 meses.

As inscrições são gratuitas e para participar basta preencher um formulário eletrônico. Poderão se inscrever, apenas as iniciativas de voluntariado desenvolvidas no Brasil.

Para avaliação, serão levados em considerações os critérios de incentivo ao voluntariado, impacto transformador no público beneficiado pela iniciativa e o quantitativo de beneficiados; sustentabilidade; inovação social; e contribuição da iniciativa ao público beneficiados conforme os eixos temáticos do Programa Nacional de Incentivo ao Voluntariado.

Para se inscrever, acesse aqui.

Confira o regulamento na integra aqui.

Dúvidas sobre a premiação podem ser enviadas para o e-mail cgae@presidencia.gov.br.

 

Programa Nacional de Incentivo ao Voluntariado

Instituído em 09 de julho de 2019, por meio do decreto nº 9.906, o Programa é coordenado pela Casa Civil da Presidência da República. O objetivo é fomentar a prática do voluntariado como um ato de humanidade, cidadania e amor ao próximo, entre o governo, as organizações da sociedade civil e o setor privado, além de incentivar o engajamento social.


O que achou desta notícia?