Foto: Ana Cleide Torres

Dia de Combate ao Fumo: fumantes podem se inscrever para programa antitabagismo

Ação de saúde será realizada nesta segunda (29), na UBS Marcelo Cândia.

No Dia Nacional de Combate ao Fumo, celebrado nesta segunda-feira (29), terá ação direcionada aos usuários do cigarro, além da inscrição no Programa de Controle ao Tabagismo. A atividade realizada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) acontece na Unidade Básica de Saúde (UBS) Marcelo Cândia, na zona norte da cidade, de 8h às 12h.

A iniciativa deseja reforçar a população sobre os danos causados pelo cigarro. O objetivo é oferecer informações sobre os riscos de doenças provocadas pelo fumo, ativo ou passivo, e tratamento para quem deseja abandonar o hábito de fumar.

Durante o encontro, será possível receber orientação, atividade física, teste de glicemia e aferição da pressão arterial. Os participantes que desejarem iniciar o tratamento serão inscritos na hora para participação do programa, que tem duração de 1 ano. Para realizar inscrição é necessário apresentar carteira de identidade e cartão do SUS.

A abordagem faz parte dos trabalhos executados pela Semsa, que busca reduzir o número de fumantes, por meio do acompanhamento para pessoas que desejam parar com essa prática, destaca o coordenador municipal de Doenças Crônicas e Tabagismo, Ary Cambraia.

“A Semsa executa ações de prevenção e oferta de serviços para o tratamento de fumantes durante todo o ano. Através do programa conseguimos alcançar um número representativo de pessoas. A data é mais uma oportunidade para destacar a importância do combate ao uso do cigarro e alertar a população sobre os riscos para a saúde que podem ser causados pelo tabagismo”, explica o coordenador.

Controle do tabagismo
O Programa Nacional de Controle do Tabagismo é um acompanhamento multiprofissional para pessoas que desejam parar de fumar. Atualmente é realizado na UBS Marcelo Cândia. Além das sessões de terapia, adesivos e medicamentos fazem parte do processo de recuperação das pessoas ajudando no controle da ansiedade e evitando o contato com o fumo.

A equipe que atua no programa é capacitada por profissionais do Ministério da Saúde, composta por nutricionistas, enfermeiros, médicos, odontólogos e educadores físicos, que fazem o acompanhamento do paciente.

 

Por Maison Brito


O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos