Cada secretário pôde relatar ações que ocorreram na política educacional durante os últimos quatro anos em cada estado brasileiro.

Amapá debate políticas educacionais com equipe Transição do Governo Federal

Secretária Goreth Sousa destacou programas estaduais que norteiam a educação amapaense, como o Criança Alfabetizada e o Travessia.

A secretária de Estado de Educação Goreth Sousa debateu políticas educacionais no Brasil com a equipe de transição do Governo Federal nesta sexta-feira, 18,

O encontro do Grupo de Trabalho (GT) da Educação envolve gestores do setor de todo país e é promovido pelo Conselho Nacional de Educação (Consed).

Cada secretário pôde relatar ações que ocorreram na política educacional durante os últimos quatro anos em cada estado brasileiro. Eles puderam fazer um balanço dos programas estruturantes e pontuar caminhos para melhorias de investimento e estratégias nos programas.

Dentre os pontos da reunião, destacaram-se os temas educação básica, regimes de colaboração, o novo ensino médio, ensino em tempo integral e formação continuada dos profissionais de educação.

Pelo Amapá, Goreth Sousa defendeu os programas Criança Alfabetizada, Travessia e Escolas do Novo Saber, que representam respectivamente a educação básica, o ensino fundamental I e II e o ensino médio.

“Não se faz educação sem um investimento alto. Apostar e investir em programas estruturantes é apostar e investir no sucesso de cada aluno dentro de sala de aula, desde a sua educação básica até o ensino superior”, contribuiu Goreth.

As pontuações dos secretários serão adicionadas à Agenda da Aprendizagem, um documento norteador construído pelo Consed e pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) para traçar objetivos e elaborar orientações para a educação pública do país.

O documento se divide em duas partes: uma voltada ao Ministério da Educação, com as demandas consideradas urgentes para os estados e municípios. A segunda traz temas estratégicos do Consed para o biênio 2022/2024.

 

Por: Bárbara Ribeiro


O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos