Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

INSS: Cebraspe libera aos 7,6 mil candidatos do Amapá a consulta aos locais de prova do concurso

Salários chegam a R$ 5.905,79. Prova ocorrerá no próximo domingo (27).

Fica disponível para consulta, a partir desta segunda-feira (21), os locais de prova do concurso público do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). No Amapá7.612 pessoas se inscreveram e concorrem para o cargo de nível médio de técnico do seguro social, com salário de R$ 5.905,79.

A aplicação do exame ocorre no próximo domingo (27). Das 1 mil vagas ofertadas para todo o país, foram anunciadas inicialmente 12 específicas para o Amapá. No entanto, uma retificação diminuiu para 10 esse quantitativo.

O certame é organizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). Com a retificação, as vagas para o estado ficaram divididas da seguinte forma: 7 vagas para ampla concorrência; 1 para pessoa com deficiência física e 2 para pessoas negras.

Os aprovados serão convocados, de acordo com a classificação, para trabalhar em qualquer uma das 97 Agências da Previdência Social espalhadas pelo país. Ou seja, eles serão lotados em qualquer agência pertencente à gerência executiva do INSS à qual optou por concorrer.

 

 

Provas e curso de formação

O concurso terá provas objetivas e curso de formação. As provas objetivas terão duração de 3h30 e serão realizadas nas cidades das 97 gerências regionais.

A prova objetiva terá conhecimentos básicos com as disciplinas de Língua Portuguesa, Ética no Serviço Público, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Noções de Informática e Raciocínio Lógico-Matemático. E conhecimentos específicos para temas relacionados a benefícios previdenciários e legislação previdenciária.

O curso de formação será realizado nas cidades de Belém/PA, Belo Horizonte/MG, Brasília/DF, Florianópolis/SC, Fortaleza/CE, João Pessoa/PB, Manaus/AM, Rio de Janeiro/RJ e São Paulo/SP.

O curso de formação terá a carga horária de até 180 horas presenciais, em tempo integral, com atividades que poderão ser desenvolvidas nos turnos diurno e noturno. O candidato matriculado receberá auxílio financeiro correspondente a 50% do salário do cargo.

A avaliação do curso de formação terá prova objetiva, composta de 120 itens para julgamento certo ou errado, e de prova discursiva, composta de duas questões discursivas, a serem respondidas em até 15 linhas, com o conteúdo ministrado.

 

Fonte: G1-AP


O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos