Foto: Divulgação

Mais de 100 pessoas são abordadas em mais uma Operação Asfixia

Dessa vez, a operação da Polícia Civil, cobriu os principais bairros, com maior indice de criminalidade, e efetuou quinze prisões. Foram apreendidas drogas, munições calibre 38, celulares de procedência ilícita, dinheiro.

Na noite da sexta-feira, 18, a Polícia Civil do Amapá deflagrou a 15ª fase da "Operação Asfixia", com o objetivo de aumentar o enfrentamento à criminalidade organizada, aos crimes violentos e ao tráfico de drogas.

Durante a ação policial, foram realizadas incursões simultaneamente em ruas e áreas de pontes dos bairros Nova Esperança, Buritizal, Marabaixo, Congós, Zerão, Universidade, Fazendinha, Vale Verde, Araxá, Pedrinhas, Cidade Nova, Perpétuo Socorro, Novo Horizonte, Conjunto Macapaba, Morada das Palmeiras, Infraero, Pacoval, Brasil Novo, Muca, Jardim Felicidade.

Mais de 100 pessoas foram abordadas, revistadas e tiveram seus dados pessoais consultados na base de dados da polícia e da justiça. Quinze pessoas presas, que respondem por roubo, furto, tráfico de drogas, consumo, homicídio, latrocínio. Foram apreendidas drogas, munições calibre 38, celulares de procedência ilícita, dinheiro.

A operação contou com a participação de 150 policiais, 24 viaturas e as equipes da CORE, DRACO, DECCON, NOI, DEATRAN, Divisão Canil K-9, 1ª Delegacia de Polícia da Capital, 2ª Delegacia de Polícia da Capital,

4ª Delegacia de Polícia da Capital,

5ª Delegacia de Polícia da Capital,

6ª Delegacia de Polícia da Capital,

7ª Delegacia de Polícia da Capital,

8ª Delegacia de Polícia da Capital,

9ª Delegacia de Polícia da Capital e 10ª Delegacia de Polícia da Capital.

A "Operação Asfixia" vem sendo realizada pela Polícia Civil desde o dia 10 do mês de março.


O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos