Foto: Renato Costa/Semsa

Macapá vacina crianças sem comorbidades entre 2 e 3 anos incompletos


Macapá disponibiliza a vacinação contra a covid-19 para crianças sem comobidades, da faixa etária entre 2 e 3 anos incompletos. As Unidades Básicas de Saúde (UBS) da Prefeitura de Macapá irão atender ao público de forma escalonada, sempre das 8h às 16h (veja abaixo o cronograma).

O imunizante Pfizer/BioNtech é utilizado num intervalo de 4 semanas da 1ª para a 2ª dose. Já a 3ª aplicação ocorre 8 semanas após a 2ª, de acordo com o Ministério da Saúde (MS).

A gestora da Secretaria Municipal de Saúde de Macapá, Erica Aymoré, explica que a diminuição da faixa etária para a vacinação contra a covid-19 depende do envio de mais doses por parte do MS. Para receber o imunizante a criança deve estar acompanhada dos pais ou responsáveis, com a carteira de vacinação, certidão de nascimento ou documento de identidade e cartão do SUS.

“Contamos com o apoio dos pais e responsáveis para aderirem à vacinação. Por isso é importante levar as crianças até uma das nossas unidades para garantir que elas estejam protegidas contra a covid-19”, ressaltou a gestora.

No caso de crianças com comorbidades, é preciso apresentar original e cópia do laudo ou prescrição médica, comprovando que possuem uma das comorbidades listadas pelo MS.

Confira abaixo o cronograma de vacinação e a lista de comorbidades indicadas pela nota técnica do Ministério da Saúde:

Segunda-feira

UBS Pacoval

UBS Marcelo Cândia

UBS Macapaba

UBS Rosa Moita

UBS Congós

Terça-feira:

UBS Perpétuo Socorro

UBS Brasil Novo

UBS Marabaixo

UBS Rubin Aronovitch

UBS Leozildo Fontoura

Quarta-feira:

UBS Infraero I

UBS Novo Horizonte

UBS Pedrinhas

UBS Marabaixo

Quinta-feira:

UBS Álvaro Corrêa

UBS Cidade Nova

UBS Pedro Barros

UBS Raimundo Hozanan

Sexta-feira:

UBS Pantanal

UBS BR-210

UBS Coração

UBS Padre Raul Matte.

Lista de comorbidades:

– Diabete Mellitus;

– Pneumopatias crônicas graves;

– Hipertensão arterial estágio 3;

– Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão alvo;

– Insuficiência cardíaca;

– Cor-pulmornale e Hipertensão pulmonar;

– Cardiopatia hipertensiva;

– Síndromes coronarianas;

– Valvopatias;

– Miocardiopatias e Pericardiopatias;

– Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas Arteriovenosas;

– Arritmia cardíaca;

– Cardiopatias congênitas;

– Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados;

– Doenças neurológicas crônicas;

– Doença renal crônica;

– Imonocomprometidos;

– Hemonoglobinopatias graves;

– Obesidade mórbida;

– Sindrome de down;

– Cirrose hepática.

 

Por Claudia Leão


O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos