Foto: Polícia Civil / Lucas Brito

Polícia Civil combate comércio ilegal de armas e munições no Amapá e Pará


A Policia Civil do Estado do Amapá, por meio da Divisão de Repressão às Ações Criminosas Organizadas -DRACO, com apoio da Polícia Civil do Estado do Pará deflagrou nesta quarta-feira, 23, a “Operação Fim de Rota“ com a finalidade de desarticular comércio ilegal de armas e munições nos estados do Amapá e Pará.

De acordo com o Delegado Estéfano Santos, titular da DRACO “a ação ocorreu nas cidades de Castanhal em Belém no Pará e em Macapá no Amapá e, é fruto de investigação de aproximadamente 4 (quatro) meses, na qual apurou que um grupo de pessoas liderados por dois Policiais Penais do Estado do Pará estavam promovendo o comércio ilegal de armas de fogo e acessórios. Eles compravam armas de fogo de pessoas que as adquiriram de maneira lícita e as revendia sem a observância das exigências legais. As armas eram comercializadas com outros traficantes e com membros de facções criminosas, explicou o delegado.

Na operação foram cumpridos 4 (quatro) mandados de busca e apreensão e 2 (dois) de prisão tendo em vista que, os 2 dois Policiais Penais foram presos preventivamente e um dos integrantes da organização criminosa está foragido.

Os investigados irão responder por comércio ilegal de armas de fogo e participação em organização criminosa.

As penas somadas poderão chegar a 20 (vinte) anos de reclusão.


O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos