Torcedor brasileiro, que seguiu o exemplo dos japoneses no Catar

Copa do mundo do Catar chama atenção para a sustentabilidade e o descarte do lixo

Além de entrar para a história pela organização e todo espetáculo futebolístico, o mundial deixará um legado positivo e mais sustentável

A Copa do Mundo do Catar ainda não terminou, mas já entrou para história não só pelo mundial, mas por todas as ações de sustentabilidade, que reuniu cinco iniciativas importantes, as quais são: as construções sustentáveis; a mobilidade urbana para a preservação do meio ambiente em todas as etapas do evento; acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida; redução de emissão de carbono e a eficiência energética com a utilização de energia solar no abastecimento de toda infraestrutura. Além disso, mesmo sendo eliminado nas oitavas de final, o Japão fez mais do que uma incrível participação no campeonato, deixou um belo exemplo através dos torcedores que, assim como em 2014 e 2018, foram filmados ajudando a limpar os estádios.

Mundialmente admirado, o futebol é responsável por gerar grandes comemorações nos estádios e, se tem festa, tem lixo. Mas para onde vai todo o resíduo gerado em uma partida? O ritual dos japoneses de limpeza é inspirado pelo provérbio “não jogue terra no poço que te dá água”. O hábito faz parte da milenar cultura oriental Oosouji, que consiste em fazer uma legítima faxina nos lugares em que estiveram presentes para renovar o ambiente.

Com muita conscientização em relação ao meio ambiente, aqui no Brasil, times como Inter e Fluminense já trabalham a gestão de resíduos durante as partidas para que todo lixo gerado seja descartado de forma correta para ser reciclado. “O esporte, e principalmente o futebol, consegue alavancar um grande número de espectadores, das mais diversas faixas etárias. Por isso, deve ser usado também para estimular a sustentabilidade e a reciclagem, com a conscientização do descarte correto do lixo e sua importância ao meio ambiente”, comenta Rafael Costa, diretor de operações Embalixo.

O Corinthians também é outro time que já trabalhou a conscientização de descarte de resíduos em estádios. Inspirados pela tradição japonesa, em 2018, o time paulista fez uma campanha para incentivar os torcedores a recolherem o próprio lixo, disponibilizando pequenos sacos de lixo para cada torcedor. O projeto foi criado em parceira com a Embalixo e empresas do segmento de reciclagem para conscientizar sobre a limpeza e reciclagem. “Acredito que deveria haver mais campanhas dos clubes brasileiros em prol da conscientização do descarte e da reciclagem correta e também considero importante o uso de produtos de baixa emissão de carbono”, explica Costa.

O descarte correto do lixo é fundamental para a redução dos impactos ambientais causados pelo consumo. “A conscientização nos estádios é importantíssima e também é essencial a presença de lixeiras, que sinalizem o descarte correto dos resíduos”, finaliza o diretor.

Por Euracy Campos


O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos