Foto: Polícia Civil

Acusado de matar vendedor de espetinho é preso em Laranjal do Jari


Na quinta-feira passada, 19, a Polícia Civil do Estado do Amapá, por meio da 1ª Delegacia de Polícia de Laranjal do Jari, prendeu um homem acusado pela prática do crime de homicídio qualificado por não possibilitar a defesa do ofendido e por aliciar e assediar criança, com o fim de praticar ato libidinoso.

A acusado foi preso através do cumprimento de mandado de prisão preventiva. Ele é suspeito de um homicídio praticado contra Anadilson Frazão (conhecido por Neguinho) no dia 15 de janeiro de 2023, na cidade de Laranjal do Jari.

"Após identificarem o paradeiro do acusado, Policiais Civis montaram um plano operacional para capturá-lo. Antes de iniciarmos a diligência, o acusado se apresentou na Delegacia, ocasião na qual afirmou que estava desconfiado que seria preso e achou melhor se entregar. Como sua prisão preventiva já tinha sido decretada, a equipe aproveitou a oportunidade e deu o devido cumprimento. A vítima, Anadilson, era muito conhecido e querido pelo povo de Laranjal do Jari. Trabalhando como vendedor de espetinho, vivia de maneira humilde. Sua morte gerou sérias repercussões na cidade, assim como grande comoção social. A 1ª Delegacia de Polícia de Laranjal do Jari, por sua vez, agiu de forma a oferecer à população uma resposta rápida e eficaz", disse o Delegado Rômulo Viégas.

O homem preso foi encaminhado à audiência de custódia e, em seguida, ao Iapen.


O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos