Como lidar com perguntas difíceis na entrevista de emprego

Especialista da Luandre dá dicas para se sair bem em momentos delicados

Na fase do processo seletivo de entrevista podem surgir perguntas inusitadas ou questões que o candidato não se sente à vontade para responder.

"São interações humanas e podem ocorrer erros de ambos os lados, como a pronúncia incorreta do nome. E não há problema nenhum em corrigir o recrutador de maneira educada e natural”, afirma Larissa Gonçalves, gerente de Recursos Humanos da Luandre, uma das maiores consultorias de RH do país.

Para ajudar a lidar com situações difíceis de um jeito apropriado, a especialista aponta algumas dicas pertinentes. Confira!

Pergunta sobre o salário

Pode haver o questionamento sobre a pretensão salarial a fim de entender se o que será oferecido está dentro da expectativa do candidato. Neste momento o profissional deve ser assertivo e elaborar a resposta com base em três pilares: saber qual a média salarial para o cargo, traçar uma média salarial entendendo o valor mínimo que ele precisa receber e levar em conta sua experiencia profissional.

Política e religião

A velha máxima de que política e religião não se discutem valem para entrevistas de emprego. “Esse assunto não deve ser abordado pelo recrutador, mas caso seja, é importante relembrar que o candidato não precisa se posicionar a respeito. Seu papel ali é falar sobre sua formação e experiência e como pode contribuir para a empresa contratante com suas habilidades profissionais”, destaca Larissa.

Como falar sobre o último emprego

Em algum momento será preciso conversar sobre os empregos anteriores, principalmente sobre a última empresa. Mentir sobre o motivo da saída não é uma opção. O recrutador pode entrar em contato e confirmar os dados. O profissional também deve evitar falar mal de antigas lideranças, colegas e da rotina de trabalho.

Pergunta sobre pontos fracos

Ninguém gosta de falar sobre seus defeitos, mas é natural que uma questão assim seja feita, afinal trata-se do momento de conhecer melhor o candidato. Respostas como “sou perfeccionista” já viraram clichê e devem ser evitadas. Para se destacar, é preciso fazer uma autoavaliação e falar sobre algo que realmente pode ser melhorado. Vale até mesmo uma característica demonstrada por um gestor de outra empresa em uma avaliação anual, por exemplo.

Sobre a Luandre

A Luandre Soluções em Recursos Humanos tem mais de 50 anos de atuação e oferece soluções técnicas e inovadoras na área de RH. Em 2020, a empresa chegou à marca de 4 mil clientes atendidos, 60 mil profissionais administrados ao longo do ano e banco com mais de 3,5 milhões de currículos cadastrados. Há 20 anos consecutivos, concorre ao prêmio Top Of Mind RH, o qual já venceu dez edições, na categoria "Temporários e Efetivos", sendo a atual vencedora.

Além disso, em 2020, foi reconhecida como um dos “Lugares Incríveis para se trabalhar”, certificação concedida pela Fundação Instituto de Administração (FIA) e UOL. A Luandre atende 200 das 500 melhores empresas do Brasil com todo seu know-how em Recrutamento e Seleção, Administração de Pessoal (Temporários e CLT), Avaliação Profissional, Outsourcing e Programas Especiais (Saúde, Varejo e Logística).

Atualmente, possui 12 unidades: São Paulo (Centro, Sul, Alphaville, Santo André, Guarulhos, Campinas e Jundiaí), Rio de Janeiro (Rio de Janeiro), Paraná (Curitiba), Pernambuco (Recife), Minas Gerais (Belo Horizonte) e Rio Grande do Sul (Porto Alegre). Realiza também atendimento à distância em todo o país.

Engaje! Comunicação


O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos