Foto: Albenir Sousa Investimentos vão contemplar escolas de samba, blocos, circuitos e A Banda.

Carnaval Amapaense tem novo repasse de R$2 milhões para Macapá e Santana

O investimento total feito pelo governo para os eventos carnavalescos é de R$ 5,5 milhões

O Governo do Amapá anunciou nesta segunda-feira, 23, um novo repasse para o Carnaval 2023. O fomento, no valor de R$2 milhões, foi uma articulação do senador Davi Alcolumbre. 

O novo recurso contemplará, em Macapá e Santana, além das escolas de samba, a Liga independente dos Blocos do Amapá (Liba), Associação dos Blocos Carnavalescos do Amapá (Abloca), os circuitos Centro folia e Beira rio, bailes de salão e os blocos tradicionais de bairros, além da A banda.  

O governador do Amapá, Clécio Luís, destacou que o investimento é estratégico para a retomada do carnaval amapaense após a pandemia de covid-19 e para o fortalecimento da economia local.

"É um recurso que está sendo injetado diretamente em forma de fomento para o carnaval, e que irá fortalecer a economia, com a geração de emprego e renda, por meio da compra de produtos e do pagamento de serviços para trabalhadores amapaense”, pontuou o governador. 

O novo repasse de mais R$2 milhões será dividido em R$1,5 milhão para complementar o valor destinado para o desfile das escolas de samba e R$500 mil serão destinados para outros eventos carnavalescos. 

O valor total do investimento, até agora, feito para o Carnaval 2023, chega a R$ 5,5 milhões. Destes, 3,5 milhões já haviam sido repassados pelo governo para a Liga Independente das Escolas de Samba do Amapá (Liesap) em 2022. 

“Conseguimos, pela primeira vez, repassar os recursos de forma antecipada para as agremiações carnavalescas para que elas conseguissem se organizar e se preparar para o carnaval. Esse era um sonho que nós e as escolas sempre buscamos realizar e, desde o final de 2022, ainda com o governador Waldez, nós estamos conseguindo”, Concluiu Clécio Luís. 

Infraestrutura 

Atualmente, o Executivo estadual trabalha na revitalização do Sambódromo para o Carnaval 2023. São, aproximadamente, R$2 milhões voltados para a infraestrutura e segurança adequadas. Em outra frente, as Secretarias de Cultura e Turismo investem R$1,5 milhão com serviços de Som, iluminação, dentre outras atividades. 

O senador Davi Alcolumbre, durante a solenidade, anunciou novos investimentos para melhorias na estrutura do Sambódromo. 

“Nós temos um recurso assegurado e garantido para o Governo do Estado fazer toda a modernização do Sambódromo. Agora, o governador Clécio tem se dedicado a buscar esse projeto e, junto com sua equipe, definir os próximos passos para que, em breve, possa ser feita a revitalização desse ambiente e devolvê-lo para a sociedade amapaense", destacou o senador. 

O presidente da Liesap, Jocildo Lemos, reconheceu o esforço para assegurar mais investimentos no Carnaval amapaense.

“É mais um aporte de recurso para o carnaval e, agora, ampliado para todas as outras entidades carnavalescas, como a Liba, Associação dos Blocos, a Banda, carnaval de rua e de salão. É um envolvimento justo e necessário na cultura do Carnaval”, reconheceu o presidente. 

Investimentos no Carnaval 2023

Serão comtemplados com o aporte do governo:

As 10 escolas de samba de Macapá e Santana: Piratas da Batucada; Piratas Estilizados; Unidos do Buritizal; Maracatu da Favela; Boêmios do Laguinho; Solidariedade; Emissários da Cegonha; Império da Zona Norte; Embaixada de Samba Cidade de Macapá; e Império do Povo.

Os Blocos da Liga independente dos blocos do Amapá (Liba): Bloco Pau Grande, Mãe Luzia, Cabralzinho, Metidos na Xexênia, Rolará, Kubalança, Pica-pau, Habeas Copos, Mancha Negra e Bafo da Onça; 

Os blocos da Associação dos blocos carnavalescos do Amapá (Abloca):  Pauneula, Bloco Beijo, Pororoca, Tia Fé, Gorgia, Açucena, Urubuzada e Bloco Auê.

Circuito Centro Folia: Bloco Sakarolha, Fefam Folia, Sementes na Folia, Nana, Crocodilo, Baron Folia, Piseiro, Embaixada Flamacapá, Carna Fortal e Os Chaqueiros. 

Circuito Beira Rio: Me Leva, Clubinho, Quero Mais, Melô Banho, Crocodilo, Galo do Meio-Dia, Tambores Tucuju, Rosa na Folia, Odará, Gingaê, Toma Lá Da Cá.

Carnavais de Salão: Rainha das Rainhas, Caia na Folia e Vermelho e Preto.

Carnavais de bairros: Charangas, Congosada, LGBTQI+, Circuito Zona Norte, Caldeirão da Favela, Futebol à Fantasia (Praça da Conceição), Aki noiz bebi aki nós kai, Beirol Folia, Carnaval do Pato, Formigueiro, Piranhas (Santana), A banda Santana; e o tradicional Bloco A Banda.

 

Por: Karla Marques


O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos