Foto: Polícia Civil

Tio é acusado de abusar de sobrinha de 16 anos há pelo menos dois anos; Ela engravidou

A vítima declarou para polícia que os abusos sexuais iniciaram há dois anos atrás, ou seja, quando ela tinha 14 anos de idade. Com os abusos, a menina acabou engravidando. Ele negou as acusações.


Neste domingo, 12, a Polícia Civil do Estado do Amapá, por meio Delegacia de Polícia de Mazagão, prendeu um homem de 44 anos de idade, acusado pela prática do crime de estupro.

De acordo com o Delegado Anderson Ramos, a prisão ocorreu no bairro Olaria, através do cumprimento de mandado de prisão preventiva.

"Conforme investigação, a vítima, que, atualmente, está com 16 anos de idade, sofre abusos sexuais há pelo menos 2 anos. Os abusos sofridos pela vítima resultaram em gravidez, estando com uma idade gestacional de 16 semanas. O acusado negou que tenha praticado qualquer abuso contra a vítima. Porém, as declarações da vítima ganham especial relevância em crimes sexuais, por se tratar de crimes que são cometidos às ocultas e sem presença de testemunhas, ainda mais que é corroborada com laudo pericial, exame Beta HCG com resultado positivo, ou seja, tais declarações são coerentes com as demais provas produzidas. Foi necessário representar pela prisão preventiva do acusado devido o crime ter sido cometido de forma reiterada, por anos; pelo fato do acusado ter coagido a vítima e sua mãe, com a finalidade de embaraçar as investigações; e pelo investigado ser muito próximo da vítima, pois ela é sobrinha da companheira dele, fato este que poderia torná-la vítima novamente", explicou o Delegado. 

O homem preso, que já responde pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, será encaminhado à audiência de custódia.

Publicidade



O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos