Foto: Erich Macias/Arquivo GEA
Quadrilheiros iniciam ensaios juninos para o

Quadrilheiros iniciam ensaios juninos para o "Arraiá do Povo 2024"

Programação vai reunir 80 grupos folclóricos e atrações que vão se apresentar durante 12 noites.


Com a chegada do mês de junho, os quadrilheiros amapaenses intensificam os ensaios para as apresentações no Arraiá do Povo, promovido pelo Governo do Amapá. Com disciplina e dedicação, os grupos folclóricos buscam aperfeiçoar as coreografias e os passos marcados nos mínimos detalhes, para impressionar o público e os jurados. 

Os ensaios dos grupos ocorrem de segunda a sexta-feira, das 21h à meia-noite. A Cidade Junina montada pelo Governo do Estado neste ano traz novidades, a primeira delas é o local, que dessa vez, será no Parque de Exposições da Fazendinha, na Zona Sul de Macapá. Serão 12 dias de festa, com apresentação de 80 grupos folclóricos dos 16 municípios, além de várias atrações. 

Quadrilheiro há 35 anos, Cláudio Vaz, de 47 anos, é fundador do grupo Estrela do Norte. Ele garante que a atual campeã do 5º Forrozão Primo Sebastian, que já coleciona cinco títulos estaduais e um nacional, está muito confiante.

"As expectativas para este ano são as melhores, pois conseguimos o título de campeã em 2023 e a melhor colocação de quadrilha junina do estado em uma competição nacional. Representamos o Amapá e adquirimos uma colocação inédita na competição de miss caipira, que lá fora é rainha junina. Nossa miss caipira foi eleita a melhor rainha junina do Brasil com apenas 15 anos. Estamos confiantes e felizes. O povo merece uma linda festa”, enfatizou o quadrilheiro.  

O Arraiá do Povo impulsiona o setor cultural e a economia criativa, e reúne as entidades que promovem a quadra junina no estado. São elas: Liga Junina de Macapá (Ligajum), Federação das Entidades Juninas e Folclóricas do Amapá (Fejufap) e Federação de Entidades Folclóricas do Amapá (Fefap), que se uniu ao Instituto Sociocultural Junino Arraiá no Meio do Mundo. Durante os 12 dias de festa, cada dia será dedicado a uma organização.

 

Preparação 

Planeja daqui, ensaia dali, ajusta de lá, e, assim, seguem os últimos dias dos ensaios preparatórios das quadrilhas juninas amapaenses, que logo entrarão em quadra para apresentar o trabalho de um ano inteiro. 

Para a organização das quadrilhas tudo é pensado e planejado com antecedência. Dentre outras funções, uma equipe fica responsável pelos principais personagens como os do casamento, coreografia, figurino e repertório musical. Com reuniões desde janeiro, os grupos começam a ensaiar logo após o carnaval. 

Com planejamento, danças, valorização das raízes culturais e caracterizações de personagens que dão vida e despertam sentimentos sobre os costumes e a rotina que envolvem as festividades é que a tradição junina se mantém a cada ano. As quadrilhas são protagonistas de uma festa repleta de animação, disciplina e comprometimento, mas no final é a cultura que ganha com cada apresentação.  

 

Por: Alexandra Flexa




O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos