Cooperativismo é mais que crescer, é crescer juntos

Cooperativismo é mais que crescer, é crescer juntos



Neste 4 de julho comemoramos o Dia Internacional do Cooperativismo, data que começou a ser celebrada em 1923 como uma confraternização entre as pessoas ligadas às atividades de cooperativismo. Mas, para que essa comemoração acontecesse, em 1844, no interior da Inglaterra, 28 pessoas decidiram se unir para montar o próprio armazém e conseguir comprar itens básicos em maior quantidade com preços melhores, surgindo aí a primeira instituição cooperativista do mundo.

No Brasil, a primeira cooperativa financeira nasceu em 1902, a Sicredi Pioneira, em Nova Petrópolis, no Rio Grande do Sul, que continua em funcionamento. Impulsionada por ela, começaram a surgir no território nacional outras cooperativas de produtores rurais até chegar às mais modernas que incluem profissionais de diferentes setores. 

Com adesão voluntária e livre, o cooperativismo tem como princípios o controle democrático de seus membros, autonomia e independência, intercooperação e interesse pela comunidade. Esses princípios definem o caráter único das cooperativas, guiando as suas operações e promovendo valores como a solidariedade e a responsabilidade.

Mesmo com os 180 anos do cooperativismo, esses princípios continuam vivos. E é com base nesse legado que a Cooperativa Sicredi Integração Mato Grosso, Amapá e Pará norteia as suas ações, com o objetivo de contribuir com uma sociedade melhor. Uma sociedade com redução das desigualdades, com educação financeira, sustentabilidade e solidariedade.

Buscando levar esses pilares para as comunidades foi que decidimos nos instalar em cidades como São José do Povo (MT), que tem 2,8 mil moradores, e Tartarugalzinho (PA), com seus 12,9 mil habitantes. É o que nos faz chegar a municípios como Rondonópolis (MT), com seus 244,9 mil moradores, e Macapá (AP), que tem 442,9 mil habitantes. Porque o cooperativismo é isso, proporcionar inclusão financeira nas grandes e pequenas cidades. É se preocupar com as comunidades e oferecersoluções com taxas atrativas.

Levar o cooperativismo significa ir além das soluções financeiras, é dar vez, voz e voto a cada associado, que é o dono do negócio e tem poder de decisão, sem ser apenas mais um número. Quem vai às nossas agências e pontos de atendimento sente isso. É ser chamado pelo nome, é ter atendimento personalizado para as suas necessidades, é poder chamar a instituição de sua. 

Então, para esse Dia Internacional do Cooperativismo o que desejamos é levar a ainda mais lugares esse modelo de organização social e econômica tão democrático e que traz diversos benefícios não só para quem se associa, mas também para as comunidades onde estão inseridas. E viva o cooperativismo!

 

Por Marco Túlio Soares, é presidente do Conselho de Administração da Cooperativa Sicredi Integração MT/AP/PA.




O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos