Foto: Aog Rocha/GEA
Corpo de Bombeiros do Amapá reinicia buscas por vítimas após naufrágio no Rio Matapi

Corpo de Bombeiros do Amapá reinicia buscas por vítimas após naufrágio no Rio Matapi

Equipe de mergulhadores utiliza guindastes para posicionar embarcação em posição mais estratégica


Nesta segunda-feira, dia 8, o Corpo de Bombeiros do Amapá (CBM-AP) retomou as operações para resgatar duas pessoas que ficaram presas em uma embarcação conhecida como "barco empurrador", que naufragou no Rio Matapi, às margens de um porto particular entre os municípios de Santana e Mazagão, no domingo, dia 7.

Os militares estão utilizando dois guindastes disponibilizados pela empresa mantenedora do porto para ajudar na operação, com a intenção de posicionar a embarcação o mais próximo possível da posição normal. O barco está de lado no rio, o que dificulta o acesso aos camarotes, onde possivelmente estão as vítimas, segundo relatos dos funcionários do porto.

O comandante da operação, major Hederaldo Leite, explicou que as buscas dentro da embarcação serão retomadas na parte da tarde, assim que a embarcação estiver em posição mais estratégica para os mergulhadores. A embarcação foi mapeada com boias e o objetivo hoje é acessar o local onde estão os dois trabalhadores que ainda não foram resgatados.

O CBM-AP informou que havia oito pessoas na embarcação, das quais seis conseguiram sair. A equipe composta por quatro mergulhadores iniciou o resgate imediatamente, mas as primeiras buscas foram suspensas no domingo às 19h30, devido à hora avançada e à visibilidade comprometida pelas águas turvas do rio.

 

Com informações de Marcelle Corrêa/GEA




O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos