Graça Andritson lança nova exposição no Espaço Cultural Dr. Phelippe Daou com Luís Gonzalez e Adolpho Bonavides

Graça Andritson lança nova exposição no Espaço Cultural Dr. Phelippe Daou com Luís Gonzalez e Adolpho Bonavides



Três grandes artistas amapaenses realizam uma exposição de suas obras a partir desta segunda-feira, 10 de junho, no Espaço Cultural Dr. Phelippe Daou. Intitulada “Convergência Artística: Hiper-Realismo e Inteligência Artificial” e sob a curadoria de Graça Andritson, a exposição reúne os talentos de Luís Enrique González e Adolpho Bonavides.

A exposição explora a interseção entre o hiper-realismo, conhecido por sua precisão e detalhamento extremos, e a inteligência artificial, que traz uma nova dimensão à criação artística. As obras desafiam os limites tradicionais da arte. Domínio do hiper-realismo, as pinturas frequentemente são confundidas com fotografias. O trabalho do artista plástico Adolpho Bonavides provoca reflexões sobre o papel da tecnologia no processo criativo.

O artista Luís Enrique González possui uma habilidade meticulosa para capturar a essência de seus temas com uma clareza surpreendente. Adolpho Bonavides, por outro lado, é um pioneiro na utilização da inteligência artificial em suas obras, combinando algoritmos avançados com sua criatividade humana para produzir peças únicas que mesclam inovação tecnológica e expressão artística. Suas criações são um exemplo de como a combinação entre o humano e a IA pode ser explorada em todas as áreas.

A curadoria de Graça Andritson, artista revelação do ano e ganhadora do Troféu Tucuju de Ouro de 2024 e do Troféu Imprensa 2024, é conhecida por sua dedicação à promoção de talentos emergentes. Graça traz sua expertise e visão para a exposição.

Atualmente, Graça realiza exposições mensais, apresenta seus trabalhos e de outros artistas, no Espaço Cultural Dr. Phelippe Daou, no prédio da Rede Amazônica de Televisão e no Espaço Cultural na sede administrativa da Defensoria Pública do Amapá (DPE).

Os visitantes têm a oportunidade ver a harmonia entre técnicas tradicionais e inovações tecnológicas, mergulhando em um universo onde o realismo extremo e a criatividade algorítmica se encontram. 

A tecnologia está à nossa disposição e podemos escolher como utilizá-la. Cada vez mais se ouve falar em inteligência artificial crescendo em todas as áreas, agora sendo utilizada por um artista que une suas habilidades e experiências para expandir sua expressão, quase transformando suas criações em algo real. 

 

Detalhes

A exposição acontece entre os dias 06 a 31 de junho, no Espaço Cultural Dr. Phelippe Daou. Além das obras expostas, o evento contará com sessões de bate-papo com os artistas, onde o público poderá entender melhor o processo criativo por trás das obras e discutir o impacto da tecnologia na arte contemporânea.

“Convergência Artística: Hiper-Realismo e Inteligência Artificial” celebra inovação e criatividade.

É quase uma apresentação de que em um futuro próximo, poderemos ver robôs com IA implantada aprendendo em companhia dos humanos. 
É a nova geração, a geração da tecnologia, das inovações. 

Cada vez mais o homem se aproxima da IA e consegue transcender seu trabalho e impressionar as pessoas com tanta realidade.

Com a curadoria de Graça Andritson e as obras impressionantes de Luís Enrique González e Adolpho Bonavides, a exposição apresenta artes inovadoras que com certeza irão impressionar a quem as vilumbrar. 

O tradicional e o futurista se misturam, o homem e a máquina se unem e fazem transender obras que deixarão marcas na história.

 

Por Marcio Bezerra


Veja fotos


ADOLPHO-BONAVIDES

LUÍS ENRIQUE GONZALEZ



O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos