Foto: Reprodução/Canal Doutor Ajuda

MIOPIA: causas, sintomas, complicações e tratamento

Neste episódio, o oftalmologista Dr. Fabricio Witzel dará mais detalhes sobre o assunto

Você tem dificuldade em enxergar de longe? Isso pode ser miopia. Neste episódio, o oftalmologista Dr. Fabricio Witzel dará mais detalhes sobre o assunto.

Miopia é um dos problemas de visão mais comuns que existem. Se considerarmos a população ocidental, estima-se que 25%, ou seja, 1 em cada 4 pessoas, tem miopia. Entre os asiáticos esse número é mais que o dobro chegando a 60% em alguns países. 

A imagem que vemos passa pela córnea e cristalino e toda ela é projetada para um ponto específico do olho chamado Retina. A retina tem comunicação com o nervo que vai levar a informação para o cérebro onde a imagem vai ser entendida. Quem tem miopia tem um problema na localização da projeção dessa imagem.

O principal sintoma é a piora da visão para longe caracterizada por visão embaçada e sem definição. Isso ocorre especialmente em ambientes com menor claridade, com pouco contraste visual, como assistir TV ou dirigir à noite. 

Uma outra característica é que, por conta dessa dificuldade de enxergar de longe, é muito comum as pessoas com miopia passarem a preferir atividades para perto como leitura, uso do celular e do computador.

Além disso outros sintomas que podem estar relacionados são dores de cabeça, cansaço no final do dia, formação de rugas de expressão por conta daquele cacoete que as pessoas desenvolvem que é fechar os olhos para tentar um foco melhor.

Causas da Miopia

  • Quem lê muito perto, como no uso de celulares e computador
  • Antecedente familiar
  • Diabetes

A maior parte das pessoas tem o início dos sintomas na puberdade, por volta dos 11-14 anos, e a estabilização em média ocorre entre 20-25 anos. Embora a faixa de evolução da miopia seja esta, crianças menores já podem ser míopes, e isto faz com que o exame infantil seja muito importante logo nos primeiros anos de vida.

Óculos e lentes de contato são as formas mais comuns de correção da miopia.

Nos casos de miopia estável, ou seja, aquela miopia que não tem mudado em um período de aproximadamente 12 meses, em que o paciente tem condições clínicas favoráveis em relação a uma avaliação oftalmológica mais detalhada, pode ser indicada a cirurgia refrativa que nada mais é que a aplicação de um laser com redução do grau de miopia a partir da eliminação de parte da córnea.

Para saber mais sobre o assunto, assista ao vídeo no canal Dr. Ajuda no Youtube.



Fonte: Brasil 61


O que achou desta notícia?