Foto: Rogério Lameira/PMM

Ação orienta empreendedores sobre descarte irregular de lixo em canteiros

Equipe da Zeladoria Urbana reforçou os dias e horários da coleta de resíduos na capital.

Donos de bares e restaurantes estão recebendo orientações de como descartar lixo de forma correta e não sujar canteiros, praças e vias públicas da cidade. Uma equipe da Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana visitou estabelecimentos na noite de quarta-feira (8) e reforçou os dias e horários da coleta de resíduos em Macapá.

A ação percorreu empreendimentos na Praça Barão do Rio Branco, avenidas Iracema Carvão Nunes, Mendonça Furtado, General Gurjão, Diógenes Silva e Rua Santos Dumont. Foram encontrados acúmulo de lixo, especialmente em canteiros.

“Estamos passando nos bares, lanchonetes e restaurantes para conscientizar os empresários de que acondicionem de forma adequada o lixo. Vamos voltar em outra data para ver o resultado da ação. Esperamos não encontrar mais sacolas jogadas na rua. Acredito que com educação ambiental, começamos a mudar isso. Não queremos chegar ao extremo de notificar e multar ninguém”, declarou o secretário municipal de Zeladoria Urbana, Jean Patrick.

Secretário municipal de Zeladoria, Jean Patrick, acompanhou a ação | Foto: Rogério Lameira/PMM

 

A iniciativa, que continua nesta quinta-feira (9), é uma ação conjunta entre as equipes de fiscalização da Zeladoria e da área de educação ambiental da empresa Recicle Soluções Ambientais, responsável pela coleta de lixo desde abril desse ano, na capital.

“Estamos fazendo uma abordagem educativa com os proprietários de bares, lanchonetes e restaurantes no sentido de orientá-los sobre descarte adequado de lixo, no horário correto do caminhão da coleta,. Estamos reforçando como embalar vidro quebrado e fazer a separação para coleta seletiva. Vamos também alertar para que não joguem o lixo nos canteiros, pois, além de ser inadequado, enfeia a cidade”, disse Wesley Santos, supervisor de educação ambiental da Recicle.

Luiz Vaiz, dono de lanchonete, e Jenny Nunes, proprietária de restaurante, aprovaram a ação | Foto: Rogério Lameira/CTMac

 

“A equipe chegou conosco e conversou numa boa sobre a coleta e o descarte do lixo. Foram muito gentis. Estou satisfeito com a coleta, e agradeço pelas orientações repassadas”, disse Luiz Vaiz, de 53 anos, proprietário de lanchonete na Praça Barão do Rio Branco.

A chef e dona de restaurante, Jeany Nunes, de 51 anos, também aprovou a iniciativa. “Achei excelente a vistoria, porque serve para organizar e disciplinar o despejo do lixo que os restaurantes, bares, lojas e outros estabelecimentos, fazem. Esse canteiro no meio da Avenida Iracema Carvão Nunes, por exemplo, é muito bonito, jardinado. E a equipe da Prefeitura está trabalhando para mantê-lo”, ressaltou.

 

Por Bruno Monteiro


O que achou desta notícia?