Município oferta as vacinas nas Unidades Básicas de Saúde | Foto: Renato Costa/Semsa

Macapá amplia faixa etária para vacinas HPV e meningocócica

Objetivo é ampliar a cobertura vacinal e reforçar a imunidade da população.

A Prefeitura de Macapá ampliou a faixa etária para as vacinas contra HPV e meningocócica, dos tipos ACWY, e C conjugada. O objetivo é ampliar a cobertura vacinal e reforçar a imunidade da população. Os imunizantes são disponibilizados nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

A vacina contra o HPV tem como função prevenir doenças causadas pelo vírus papiloma vírus humano, que causa verrugas genitais, lesões pré-cancerosas e câncer do colo do útero, vulva, vagina ou ânus. Antes, só meninos entre 9 e 10 anos podem receber as doses, que agora passam a ser disponibilizada de forma definitiva para ambos os sexos em idades entre 9 e 14 anos.

Também conhecida como Vacina Conjugada Quadrivalente, a Meningocócica ACWY protege contra quatro sorogrupos responsáveis pelas doenças meningocócicas: A, C, W e Y. Ela estava disponível apenas para adolescentes entre 11 e 12 anos, e agora passou a ser ofertada para a faixa etária de 13 a 14 anos até junho de 2023.

Já a meningocócica C conjugada, que protege contra a meningite e infecções generalizadas causadas pelo meningococo C. O imunizante faz parte do Calendário Nacional de Vacinação, que indicada doses, aos 3 e aos 5 meses de idade, além de um reforço preferencialmente aos 12 meses de idade.

Agora, a vacina passa a ser ofertada em dose única para crianças de até 10 anos que nunca receberam a vacina. Trabalhadores da saúde, mesmo com o esquema vacinal completo, também podem se vacinar com mais uma dose da meningocócica C. A medida vale até fevereiro de 2023.

Para receber as doses, basta ter em mãos RG, CPF e carteira de vacinação. No caso dos profissionais de saúde que desejem receber a meningocócica C, também é preciso apresentar a carteira profissional ou contracheque que comprove lotação em uma unidade de saúde.

Por Claudia Leão - Secretaria Municipal de Saúde


O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos