11 dicas para aproveitar a Black Friday e não ter prejuízos

Quer aproveitar as promoções da Black Friday? Confira as dicas para planejar as compras e não ter prejuízos nem se endividar neste período.

Importada dos Estados Unidos, a Black Friday é sinônimo de descontos atrativos e economia na compra de diversos produtos.

Em 2022, a data será celebrada no dia 25 de novembro e é a aposta de muitos lojistas para aumentar as vendas do último trimestre.

Nem sempre as ofertas compensam, porém, já que a ocasião pode impulsionar anúncios falsos, venda casada, propaganda enganosa e até golpes, especialmente nas compras feitas pela internet.

Pensando nisso, reunimos dicas simples que vão te ajudar a aproveitar a Black Friday sem susto!

Acompanhe.

11 dicas para aproveitar a Black Friday

Que tal garantir descontos sem dor de cabeça mais tarde?

Confira nossos insights para curtir a Black Friday com tranquilidade.

1. Defina o que é prioridade

É natural ficar perdido em meio a diversas ofertas e promoções, mas cuidado para não cair na tentação de comprar mais do que pode pagar.

Procure ter em mente os itens que deseja e focar neles para encontrar descontos interessantes.

2. Evite compras por impulso

Prepare-se! Anúncios falando em “super promoções”, “descontos incríveis” e “últimas unidades” vão chamar sua atenção.

O segredo é parar para analisar com calma essas ofertas, prevenindo arrependimentos futuros.

3. Cuidado com links suspeitos

Sabe aquele link que chegou por e-mail ou WhatsApp?

Em vez de abrir logo, pergunte ao seu familiar ou amigo se ele tem certeza de que é um endereço confiável.

Se não tiver certeza, não clique!

Espalhar links suspeitos é uma tática conhecida para disseminar vírus ou até roubar dados de internautas desavisados.

4. Desconfie de grandes descontos

Outro sinal de alerta são descontos muito acima da média.

Claro que os comerciantes podem diminuir seus preços para elevar os resultados, porém, lembre-se de que eles vivem de lucro.

Às vezes, a aparente economia só serve para “empurrar” um segundo produto mais caro, o que caracteriza venda casada.

5. Observe detalhes de páginas na internet

Essa é uma forma de identificar sites falsos, que também são usados para aplicar golpes.

Principalmente em época de incentivos às compras, como na Black Friday.

Fique atento a endereços marcados como não seguros pelo navegador, com layout confuso e poucos detalhes sobre a loja.

Na dúvida, digite o endereço da loja diretamente no navegador e procure pelo anúncio.

6. Pesquise preços

Nada de comprar sem comparar preços, OK?

Mesmo que tenha achado uma oferta atrativa, pode ser que encontre outra com o mesmo valor ou até um desconto maior numa loja de sua confiança.

Você pode usar sites de comparação de preços, como Buscapé e Zoom, para selecionar a melhor opção.

7. Busque pela reputação da loja

Antes de finalizar uma compra, dê um Google no nome da loja e verifique a reputação dela.

Acessar sites de avaliações como o Reclame Aqui também é uma boa pedida para saber mais sobre o lojista, problemas relatados pelos clientes e como foram resolvidos.

8. Leia as avaliações do produto

Quanto mais informações você tiver sobre o produto, melhor.

Por isso, é inteligente considerar os comentários de outros clientes que compraram esse item ou mesmo outros produtos da mesma loja.

9. Observe as formas de pagamento

Opções de pagamento são importantes para sua organização financeira.

Além disso, podem incluir descontos adicionais ou benefícios como o cashback — quando você recebe parte do dinheiro de volta.

10. Tenha cautela ao usar o Pix

A ferramenta de pagamentos instantâneos tem facilitado a vida de muita gente, pois os valores são transferidos a qualquer hora do dia.

O problema é que reaver o dinheiro enviado por Pix pode ser difícil, já que não existem garantias ou seguros, como os que o cartão de crédito oferece. 

Então, pague com Pix apenas quando o lojista for de confiança.

11. Atenção aos prazos de entrega e devoluções

Estão aí dois itens que nem sempre recebem a atenção devida durante as compras online.

Vale dar preferência à entrega agendada para evitar desencontros e atrasos.

Não se esqueça de ler sobre a política de devolução para o caso de o produto não chegar a tempo ou vier com defeito.

Como planejar suas compras na Black Friday

O segredo é comprar com consciência para não se endividar ou comprometer a renda dos próximos meses.

Comece fazendo uma lista com os produtos que deseja, em ordem de prioridade.

Ou seja, colocando para o fim da lista itens que podem esperar mais.

Depois, compare as prioridades ao orçamento disponível para as compras na Black Friday.

Afinal, de nada adianta aproveitar as promoções se o custo for seu equilíbrio financeiro, concorda?

Se for comprar parcelado, avalie o impacto das parcelas no orçamento dos meses seguintes.

Gostou do texto?

Siga nossas dicas e faça boas escolhas na Black Friday!


O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos