Foto: Erich Macias
Feitos no Amapá

Produtos regionais ganham destaque nos supermercados de Macapá e Santana com o Selo Amapá

O Projeto Vitrine do Selo Amapá busca potencializar vendas e incentivar o consumo de itens fabricados no estado

O Governo do Estado, em mais uma ação do Plano da Nova Economia, deu início nesta quarta-feira, 4, ao Programa Vitrine do Selo Amapá, que leva produtos certificados com o 'Selo Amapá - Produtos do Meio do Mundo' a espaços exclusivos de miniboxes, supermercados e atacadões de Macapá e Santana.

O objetivo é dar maior visibilidade aos itens certificados, além de sensibilizar o consumidor para que, na hora da compra, ele priorize os itens genuinamente amapaenses. Entre os produtos, o consumidor encontra café saborizado, temperos, farinha de trigo, tapioca, feijão, palmito, sorvetes, picolés, entre outros. 

VEJA AQUI O CATÁLOGO SELO AMAPÁ


O Projeto Vitrine iniciou no Supermercado Favorito, na zona sul da capital, e, na sexta-feira, 6, a equipe estará no Santa Lúcia; Na próxima semana, chegará ao grupo Fortaleza e, assim, seguirá às demais redes atacadistas e miniboxes.

A ação, coordenada pela Agência de Desenvolvimento Econômico do Estado, busca valorizar os produtos fabricados no Amapá, estimulando a economia local.

“Ao optar por comprar produtos de origem amapaense, o consumidor está fazendo com que o dinheiro circule aqui no estado. Essa movimentação contribui para o aquecimento das vendas locais e, consequentemente, na geração mais emprego e renda”, ressalta o diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico do Amapá, Joselito Abrantes.

A Vitrine do Selo Amapá é uma realização do Governo do Estado, em parceria com a Fecomércio, Amaps e Sebrae.

Selo Amapá – Produto do Meio do Mundo

É uma política pública de valorização dos produtos fabricados no Amapá. O Selo foi criado por meio da lei estadual nº 2.235/2017 e regulamentado pelo decreto estadual nº 4.027/2017.

Esse reconhecimento atesta a origem, fortalece as características da região, agrega valor social, econômico, ambiental e cultural aos produtos genuinamente amapaenses, que ganham força e autoridade no mercado, especialmente no comércio exterior.

O selo Amapá está presente nos 16 municípios do estado, com mais de 130 empresas certificadas.

 

 

Por: Leidiane Lamarão


O que achou desta notícia?