Força Tarefa policial continua investigação de crimes ocorridos em Macapá

Sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos, dois no IAPEN e nos bairros Infraero l e ll, Congós, Universidade e Conjunto Miracema e dois mandados de prisão preventiva.

A Força Tarefa de Segurança Pública do Amapá cumpriu na manhã desta terça-feira (24/01), a Operação Godzilla, com o cumprimento de sete mandados de busca e apreensão, sendo dois no IAPEN e demais realizados nos bairros Infraero l e ll, Congós, Universidade e Conjunto Miracema e dois mandados de prisão preventiva, no município de Macapá.

A ação é um desdobramento da Operação Alfaiate, deflagrada em dezembro de 2022, no qual, foi possível identificar indivíduos membros de uma organização criminosa atuante no estado do Amapá e em alguns municípios do estado do Pará, responsável por diversos crimes comandados de dentro do IAPEN.

A investigação identificou que ocorreram vários furtos de motores de popa em fazendinha e Afuá/PA, e, que seriam vendidos de 10 a 20mil reais. A Força Tarefa identificou que um dos indivíduos utilizava o veículo de seu pai, um policial militar reformado que não sabia do fato, para a prática de crimes, como roubos e tráfico de drogas.

Dentre outros crimes, foi possível identificar, também, a comercialização de arma de fogo e de tráfico de drogas pelo estado.

Os investigados poderão responder pelos crimes de tráfico de drogas, furto qualificado e integrar organização criminosa. Em caso de condenação, poderão pegar uma pena de até 23 anos de reclusão.

A Força Tarefa de Segurança Pública do Amapá já apreendeu neste ano o total de 58 aparelhos celulares no IAPEN (Instituto de Administração Penitenciária do Amapá).

A apreensão se deu após três revistas de rotina que ocorreram nos dias 12/01, 17/01 e 20/01, nos pavilhões F1, F2 e F4.

Um dos objetivos principais destas ações e operações é chegar ao envolvimento de detentos que, supostamente, coordenaram alguns dos crimes registrados nos últimos dias em Macapá e Santana.

Fazem parte da Força Tarefa de Segurança Pública (FTSP) a Polícia Federal, PRF, PM, PC, IAPEN e SEJUSP. A ação de hoje contou ainda com a participação do BOPE, Força Tática e GAECO – do Ministério Público Estadual.


O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos