Fotos: Aog Rocha
Música

Primeiro álbum de Mari Marti, “Do lado de dentro” será lançado neste sábado (30)

Ao lançar o primeiro álbum, a cantora e compositora relembra a infância, fala dos desafios enfrentados e revoluções da última década

As plataformas digitais da música recebem neste sábado (30), o primeiro álbum de Mari Marti. Intitulado “Do lado de dentro” e com oito faixas autorais e produção de Hian Moreira que ao lado de Elysson Perera assina os arranjos com a participação dos músicos Edson Costa (violões), Tarciso (escaletas) e André Pinheiro (backing vocal).

As gravações realizadas nos estúdios Hian Music Room e Casa Poliphonic em Macapá resultaram no 9°. álbum lançado pela Pororoca Sound incubadora e aceleradora de carreiras artísticas no segmento da música através do Programa Natura Musical e produzido pela Companhia Ói Nóiz Akí.

“As letras são resultados de uma busca de reminiscências. Revisitei manuscritos da minha adolescência que são os pilares deste álbum. Algumas letras foram criadas recentemente, e isso fica evidente nos títulos. ‘Pandemia’ é um olhar sobre a turbulência enfrentada pela humanidade nos últimos anos, com perdas irreparáveis para muitos de nós. Já a faixa ‘Mães e filhas’, trata da realidade compartilhada por milhões de brasileiras, mães solo, inteiramente responsáveis pela criação dos seus filhos e que precisam se reinventar todos os dias para poder realizar tanto a si mesmas, quanto das crianças”, ressalta Mari.

As canções são intimistas, referendam experiências e revoluções que marcaram a vida da cantora e compositora, desafios e obstáculos enfrentados nesta década. “Faço parte de uma família muito eclética, curtimos do clássico ao hip–hop, da música popular brasileira ao psicodélico, e isso tudo me enfluencia de algum modo. Meu coração está contemplado, realizado com o lançamento do álbum. Tudo o que vier será surpresa e descoberta, assim, espero o feedback e que as pessoas sintam-se tocadas pela minha voz.  Esse álbum é dedicado ao meu Deus e aos meus filhos, é uma herança de vivências, complementa a estreante do Natura Musical.

“Do Lado de Dentro”, primeiro álbum de Mari Marti, fecha um dos ciclos da Pororoca Sound, que se iniciou no lançamento de “Dentro D’água a Gente não Chora”, de Jhimmy Feiches. “Com a sonoridade adquirida, Mari Marti, apresenta-se sensível e visceral, evocando o que mais precisamos nos dias de hoje para seguir adiante, fé. Para isso, toma como suporte a música, elevando-a a um estágio transcendental. Ao ouvi-la, é possível dançar, refletir, se reencontrar, e o mais importante, voltar a acreditar na vida! Uma celebração à diversidade musical da Pororoca Sound!”, afirma Claudio Silva, Produtor da Ói Nóiz Akí.

“Nós acreditamos no impacto transformador que a música pode ter no mundo. E os artistas, bandas e projetos de fomento à cena selecionados pelo edital Natura Musical têm essa potência de mobilizar o público na construção de um mundo mais bonito, cada vez mais plural, inclusivo e sustentável”, afirma Fernanda Paiva, Head of Global Cultural Branding.

Pororoca Sound foi selecionado pelo programa Natura Musical, através do Edital 2020, ao lado de nomes como Linn da Quebrada, Bia Ferreira, Juçara Marçal, Kunumi MC, Rico Dalasam. Ao longo de 16 anos, Natura Musical já ofereceu recursos para mais de 140 projetos no âmbito nacional, como Lia de Itamaracá, Mariana Aydar, Jards Macalé e Elza Soares. Saiba mais através das redes sociais do projeto e no site www.pororocasound.com.br

Sobre Natura Musical

Natura Musical é a plataforma de cultura da marca Natura. Desde seu lançamento, em 2005, o programa investiu cerca de R$ 174,5 milhões no patrocínio de mais de 518 projetos - entre trabalhos de grandes nomes da música brasileira, lançamento e consolidação de novos artistas e projetos de fomento à cenas e impacto social positivo. Os trabalhos artísticos renovam o repertório musical do País e são reconhecidos em listas e premiações nacionais e internacionais. Em 2020, o edital do Natura Musical selecionou 43 projetos em todo o Brasil e promoveu mais de 300 produtos e experiências musicais, entre lançamentos de álbuns, clipes, festivais digitais, oficinas e conferências. Em São Paulo, a Casa Natura Musical se tornou uma vitrine permanente da música brasileira, com uma programação contínua de lives, performances, bate-papos e conteúdos exclusivos, agora digitalmente.

 

Por Luciana Rabassallo


O que achou desta notícia?