Foto: Gaeco/MP-AP

MP-AP investiga suposto desvio de dinheiro público em licitações no município de Amapá


Na manhã desta segunda-feira (15), o Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio da Promotoria de Justiça do Amapá, com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), Núcleo de Inteligência do MP-AP (NIMP), da Polícia Militar (BOPE) e Polícia Civil do Estado, deu cumprimento a 4 (quatro) mandados de busca e apreensão em Macapá e no Município de Amapá. A ação é resultado de investigação que apura fraude em licitações e contratos para prestação de serviços de limpeza urbana no Município.

A empresa investigada, que mantinha contrato com a Prefeitura Municipal de Amapá, não executava adequadamente os serviços. Entretanto, a firma recebia integralmente os valores contratuais. As investigações apontaram que os proprietários da companhia realizaram muitas movimentações financeiras, com o então diretor da Secretaria Municipal de Obras da cidade, que também foi alvo de mandado judicial.

O MP-AP identificou, ainda, mais uma empresa que mantém contrato com órgãos públicos estaduais com indícios de que os processos licitatórios com o Município de Amapá foram fraudados, de modo que a empresa saísse vencedora. De acordo com as investigações, na execução do contrato, não havia a prestação adequada do serviço. Contudo, o repasse do pagamento era feito regularmente e beneficiava os investigados.

A investigação continua com coleta de mais documentos e provas. O Ministério Público reafirma que está vigilante contra a malversação do dinheiro público.

 

Fonte: MP-AP

Veja fotos

Foto: Gaeco/MP-AP


O que achou desta notícia?